Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crise dos 35

Crise dos 35

À vida!

a vida é de uma simplicidade tremenda, mas está no ADN dos seres humanos complica-la, muito também porque acredito que chegamos a este planeta com um propósito, e se tudo fosse um mar de rosas ninguém iria sair da sua zona de conforto e ninguém iria sair do mesmo ponto do qual tinha nascido. Por isso sim, é necessária uma certa dor para nos fazer mexer, querer ir mais além e no fim olhar para o que há de mais belo e simples com outros olhos... ou para o que mesmo de olhos abertos não víamos, apesar de sempre ter estado lá à nossa disposição.

E o que há de mais belo... o que não se compra, aquilo que a tua vista alcança, a tua pele sente, o teu nariz cheira e os teus ouvidos ouvem... Guarda todos esses momentos porque são únicos. Não é o dinheiro que é valioso, valioso é o tempo.. tantas brigas, tantas guerras, tantos mal entendidos, tantos elogios por dizer, tanto amor que não é dado e tanto que se perde nos minutos, nas horas, nos dias... na vida!

Ama como se não houvesse amanhã, porque talvez possa não haver mesmo. Sabemos a data de chegada, mas não sabemos a data de partida, não percas tempo com o TUDO ou com NADA, aproveita porque por aqui estamos de passagem, quantas vezes não sabemos, por isso há que aproveitar cada nascer de sol com gratidão no peito.

Não consigo saber em que patamar estou eu a nível de evolução, mas sei o que me trouxe até aqui, mas também não sei até onde irei... sei que tenho uma vida repleta do melhor que existe, de sentimentos e de momentos, tenho tido o prazer de colecionar momentos únicos, aqueles que irei guardar para sempre no nosso baú das emoções.

Grata pelo que tenho, mas então queremos sempre mais... acima temos o céu... um céu imenso onde cabe tudo o que a nossa imaginação consegue criar e a baixo... uma terra que nos alimenta!

Neste momento entre uma linha e outra quero escrever a minha história, uma história de altos e baixos, uma história de mais conquistas do que derrotas, mas uma longa história, estamos no final de mais um ano, num virar de página, 2020 durou um século. Neste ano tudo aconteceu, o impensável, o improvável, o previsível e o expectável, entre sorrisos e lágrimas, esperança e dor, coube uma vida em 2020.

Não vou sair de 2020 como cheguei, nem pensar... 2020 não foi apenas a pandemia, 2020 FOI O ANO, o ano da minha vida! e agora... 2021.. o que me espera... quero tanta coisa e não quero nada.. tenho uma lista de pedidos, mas tenho uma lista de agradecimentos maior.


Que 2021 chegue com amor e serenidade, que seja o ano em que possamos tocar aqueles que mais amamos, o ano em que passámos todos a vibrar pelo amor.

Com calma e com alma

Com calma e com alma,

um dia após outro, hora após hora,
minutos em silêncio que atravessam o desassossego da mente 
sorriso nos lábios,
lágrimas que escorrem da alma
dor que te consome num só sopro
 
caminhar sem rumo, vezes sem conta....
e outra... e outra... e outra...
e um dia, uma hora cansaste de ir...
 
preferes ficar! parar! esperar!
simplesmente não ires...
 
Não queres ir! Mas ficar também não é solução.
 
Queres ir e ficar, queres uma mão que guie e um ombro que te ampare.

Sou Grata!

A primeira coisa que penso assim que abro os olhos é " a sério... tudo outra vez!!". Queria apenas voltar a fechar os olhos e manter-me no meu "ninho" enroscada em mim própria, fingir que não tenho de salvar mundo nenhum, e simplesmente ficar. FICAR.

Mas quando abro os olhos por uma segunda vez, já penso "tenho uma vida fantástica à minha espera, posso fazer tudo o que quiser...", e ai, nesse momento sou grata por todas as minhas conquistas, mas especialmente por poder contemplar as coisas mais simples que o planeta terra nos oferece, ai simplesmente sou grata. GRATA.

Sou grata por poder ver o mais belo por do sol que se poderia ver. 

Sou grata por poder apreciar a neblina matinal sobre as serras:

Sou grata por poder cheirar a maresia.

Sou grata por poder ouvir as ondas do mar e cantar das gaivotas.

Sou grata por sentir a frescura das manhãs no rosto.

Sou grata por poder obsevar a vida dos animais.

Sou ao Planeta Terra e ao universo que me permite tudo isto 

Espalhe amor

Se ontem foi dia de revolta, hoje é dia de espalhar o amor! Só o amor nos pode curar a nós e aos outros.

Espalhe amor por onde passar, leve consigo a leveza de um sorriso e a gratidão pela vida. O outro pode estar carrancudo, mal humurado ou ansioso, stressado... mas é ai que o amor marca a diferença! Dê amor, independentemente do que lhe derem.

Hoje decidi espalhar amor através das palavras e dos pequenos gestos. Não vou julgar, nem criticar, nada nem ninguém, vou optar pela compreensão pelo outro e pelas circunstâncias, sempre que chegarem até mim "menos simpáticos" vou dar-lhes amor!

Quinta-feira de Amor!

Sem filtro

Mundo estas preparado? então prapara-te! Porque hoje não existe filtro entre o meu pequeno e ativo cerebro e a destravada da minha língua! Segura-te mundo! Mundo e seres que se cruzarem comigo, porque vão ter de estar preparados para levar com as verdades e interpretações da minha cabeça! E eu!? sim também tenho de me preparar para o risco de levar um tabefe ou criar uma legião de inimigos! 

Bbq's e torradas instalaram o caos numa manhã chuvosa que teoricamente não era para ser!! "Mãe podes ver as previsões do tempo" pergunta o meu mini homem hoje às 7h da matina. -" Vai estar sol filho," respondi eu  Bom dia!!! 

Bendita quarta feira!!!! que nem é inicio nem final de semana, é apenas um dia. Tal como eu sou apenas um ser terrestre de mau humor!

Vasculha ai Dentro!

Pensamentos positivos, cristais de protecção e para atracção de boas energias, plantas, ervas, música angelical nos ouvidos e coisas! Mtas coisas que podemos fazer todos os dias para nos sentirmos seres completos, a viver em harmonia com o universo e com o planeta, sem sermos apenas um corpo em auto gestão, em piloto automático, sem rumo, apenas a respirar!

Mas há dias como os de hoje, em que é que é necessário ir mais fundo, é preciso vasculhar bem lá no fundo para encontrar a chama do "tudo vale a pena!, "nunca desistir", o "universo sabe o que faz" , "no final tudo faz sentido". E pior acredito que sim.

Mas posso revoltar-me!? Posso!? com quem? não faço ideia... sou eternamente grata pela vida que tenho, pelas consquistas que tenho feito até hoje, por aquilo que tenho alcançado, com suor, lágrimas e gargalhadas. 

Mas posso estar cansada!? Posso!? posso querer ser um ser em modo automático vazio de pensamentos e sentimentos. Só por hoje posso ser um simples amontoado de ossos!? Posso deixar de lutar contra o mundo quando a maior guerra acontece dentro do meu peito!?

Só mais um folêgo!  

Onde nos Perdemos!

Onde nos perdemos... não sei será na curvas dos dias? ou nas contracurvas das tarefas profissionais... em que parte nos perdemos! Percebo até que se fosse sempre uma reta com duas faixas no sentido do destino, como nas autoestradas, seria um tédio e provavelmente não iriamos ser muito mais do que eramos quando inicimos a viagem!

Ou será que o que o nosso GPS interno sabe onde nos leva e será apenas a nossa mente, sempre com a mania que sabe tudo, afinal não sabe é nada e só nos confunde. Parecemos então ratinhos em rodas que por mais voltas que se dê não vão a lado absolutamente nenhum!

Ora fico então na mesma, em que parte nos perdemos, em que parte deixamos de valorizar os dias de sol, o cheiro a maresia, o balançar das folhas nas copas das árvores, as gotas da chuva a baterem nos vidros... de apreciar as garagalhadas sinceras das crianças, as conversas sem fim pela noite dentro...  

Começo a perceber que somos muito, e no comando está a nossa cabeça, mas desconfio, ligeiramente, que quem deveria ser o comandante da nossa vida é aquele que começa a bater ainda nada mais existe. O primeiro a existir no meio de uma massa indefenida.

Então minha gente, perdemo-nos quando deixamos de seguir o coração!

Aos que se perderam espero que se consigam encontrar, ainda vamos a tempo! 

Hoje estou Feliz!

Hoje, saltei da cama fiz a malas para regressar a casa, coloquei as minhas pulserias de cristais e sai de casa convicta que com setembro começa uma nova fase da minha vida. A cada fase que se inicia e termina sou cada vez mais um ser desperto para as pequenas coisas da vida, por isso hoje posso dizer ESTOU FELIZ! Se tenho tudo!? não, não tenho. Mas também o que é o tudo? o tudo ou nada simplesmente não existe, pois são duas palavras que não nos indicam uma porção concreta!

Pego naquilo que tenho e sou grata! porque no final de contas tenho um saco cheio de bons momentos que me fazem sorrir . E sim, hoje fiz ovos mexidos para o pequeno almoço, e isso deixou-me ainda mais feliz!

Por isso, sim hoje tenho aquilo que me faz sentir serena e feliz, amanhã... amanhã logo se vê!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Estupidez ou ingenuidade

    24 Abril, 2018

    O que será mais grave, a estupidez ou a ingenuidade!? A Quem dá mais vontade de bater, nas (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub