Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crise dos 35

Crise dos 35

Apimentar a Vida

Sabem quando bato mesmo no fundo no caminho para a meia idade, sabem quando é!? Quando sou a "chefe" sim, aquela que é a mais velha da equipa, aquela que é a "sabia", a que têm mais experiência e da qual a equipa espera a tomada de decisões difíceis. Sou a mais velha da minha equipa!! A mais velha, ou será que será o resto da equipa que é muito nova... Digo em tom de graça que tenho idade para ser irmã deles!! há uma criatura que às vezes me diz "mas no teu tempo não era assim..." NO TEU TEMPO"... no meu tempo... WTF!? parece que entrei numa máquina do tempo e que o meu tempo foi à séculos... nunca o poderia ser, a não ser que tivesse sido mordida por um daqueles vampiros giros e atraentes que agora aparecem constantemente em filmes e séries da Tv, pelos vistos está na moda ser-se vampiro. Bem, só nesse caso poderia ter séculos de vida! Para completar o ramalhete a coisa fica melhor ainda quando acham que sempre fui uma pessoa séria, nunca sai à noite, que nunca fiz asneiras e que não faço ideia do que eles fazem quando não estão a trabalhar. Quando chegamos a este ponto parece que a minha adolescência foi mesmo antes de ter nascido!! Acho que é disso que sinto falta, de fazer "asneiras", coisas proibidas, antes passava o tempo a fazer coisas às escondidas dos meus pais, agora que já podia fazer o que me apetecesse, já não faço!  Será que por ser mãe, esposa, chefe.. e coisas dessas de gente adulta que perdi algo pelo caminho!? Certamente deve existir uma teoria que explique fisiológicamente este comportamento, se calhar este comportamento está relacionado com baixos níveis de adrenalina, tenho de investigar,  ou poderia explicar isto através do sindrome do rebanho de ovelhas!! Em larga escala a sociedade é como um grande rebanho de ovelhas, em que temos de seguir todas umas às outras, as que saiem do rebanho são as ovelhas ranhosas e há ainda as ovelhas negras. 

Esquecendo as ovelhas, inclino-me para a falta de adrenalina, na adolescência/ juventude o que mais havia a percorrer-me nas veias era adrenalina e agora!? A falta de adrenalina leva-nos a um beco sem saida da crise da meia idade!

Solução: Bora lá fazer a Adrenalina Disparar e apimentar a minha vida :)