Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crise dos 35

Crise dos 35

As paixões da Vida

Quantas paixões temos nós na vida!? As que ainda virão não sabemos, mas a graça que é podermos olhar para trás e observarmos as paixões que já tivemos, as que acompanharam cada fase do nosso crescimento, a dor que nos provocaram e o que cada uma contribuiu para que nos tornassemos no que somos hoje.  Pessoas serenas, confiantes e de bem com a vida, pelo menos era o que se esperava... é sem dúvida um exercício prazeroso. Mas a conclusão a que chego, independentemente de quantas paixões tenhamos nós tido nas nossas vidas, seja por aquilo que fosse precisamos de nos manter apaixonadas! Por rapazes, pela planeta terra, pelos nossos filhos, pelos nossos maridos, pelos nossos amantes, pelos nossos animais de estimação, por um filme, por um livro, por uma música, ...  não interessa. O que interessa é que exista dentro de nós a chama da paixão, aquela que faça o nosso coração palpitar a cada olhar e os nossos lábios sorrirem a cada lembrança. Dentro de mim cabem tantas paixões quanto aquelas que o meu coração permitir e o meu cerébro aguentar, talvez a paixão seja um vício, talvez o meu corpo precise de estar em constante labareda para funcionar. Portanto sim, apaixonem-se, não tenham medo, abusem dessa paixão e a vida vai ficar mais colorida e iluminada. 

3 comentários

Comentar post